Páginas

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Televisão e o prazer em ser menosprezado

Diariamente uma tela brilhante na sala de milhões de brasileiros transmite programas de cada vez menos qualidade e ainda assim batem records de audiência. Não sei quão claro os apresentadores dos programas do domingão têm que deixar que a vida do telespectador é patética para eles pararem de assistir esses programas. Sério, eles falam na cara "você minha senhora, com seu marido estirado no sofá, só de cueca, roncando...", até quando vocês não vão perceber que eles estão humilhando sua realidade patética? E depois vem o Show da Vida, mas que vida? A do brasileiro? Não, claro que não, a vida do brasileiro é muito dé monde para ser mostrado na televisão, há coisas mais importantes, como o caso extra conjugal da atriz de Crepúsculo.




Tem uma boa razão para ser tão fácil falar mal das redes abertas de televisão, é porque elas são uma merda! A rede esférica começa todas as manhãs com um programa que te ensina a preparar os pratos com os ingredientes que todos os brasileiros têm na cozinha de casa, ou têm condições de comprar, como Champanhe. Oh, você não tem champanhe em casa? Que pena... e mesmo assim assiste um programa que te humilha por não ter! 

 “Hoje vamos fazer uma receita de um delicioso, suculento e molhadinho risoto de champanhe. Gente, olha, tem de fazer com champanhe, hein? Não vão me usar Sidra Cereser porque estraga a receita toda. Pobreza não!”

À tarde temos jornais que noticiam relevantes acontecimentos da sociedade brasileira, como a febre da frase "Luiza que está no Canadá", nas redes sociais.  Sério, eu ficaria mais informado sobre o que está acontecendo no Brasil conversando com os mendigos dormindo na praça, isso porque o programa "Minha Casa, Minha Vida" construiu impressionantes 1 milhão de casas. 

Morador de rua em sua nova habitação em Belo Horizonte



Não pense que isso é um mal da Rede Bobo. Há um outro apresentador que usa um microfone dourado, sim dourado porque microfone normal é muito barato e o dinheiro que sobrasse eu teria que ajudar necessitados. Recentemente a filha desse apresentador humilhou uma participante do programa, sério, até que ponto isso pode ser considerado entretenimento?





Há, contudo, algumas enganações que já chegam a ser criminosas. Falo, claro, do Criança à Espera de Um Milagre, estrelado por Seu Didi, oh desculpa, é Sr. Renato! Não se perguntam porque não podemos deduzir do Imposto de Renda as doações feitas? Por que, se o dinheiro é realmente transferido diretamente para a Unesco, por que não podemos declará-lo no nosso imposto? Espere, o dinheiro não está indo direto para a Unesco, então há um intermediário que irá, com certeza, deduzir este dinheiro do seu imposto. Então, estamos ajudando uma empresa que paga milhões a esses apresentadores para fazerem programas de tamanha qualidade, Que bela caridade essa, não? 

Não podemos esquecer do melhor programa de todos, Palhação, a única escola que ninguém realmente estuda, só fica organizando festas. Lembro-me do único ano que acompanhei essa novela, era um adolescente sem nada para fazer, diferentemente de agora que tenho muitas preocupações, como este blog por exemplo, enfim, uma personagem dessa novela foi fazer algo inusitado para um estudante, estudar! As outras personagens ficaram impressionadas "o que esta menina estuda tanto?". Por que, quem vai para escola estudar é poser, escola é lugar de festa.

Como eu disse é fácil falar de tudo isso, porque é muito ruim mesmo, mas o mais impressionante é como milhões de pessoas ainda assistem esses programas. Qual é a razão desse doente prazer em ser menosprezado? Qual o sentido de ver, comentar, votar, em um programa que coloca pessoas em uma casa que tem conforto que a maioria dos brasileiros nem sonha em ter? Essas emissoras têm enorme na nossa sociedade e, em parte, a culpa é nossa. É importante darmos valor ao que tem valor e chamar o telespectador de pobre ou uma participante do programa de anta, não merece valor nenhum!

_________________________________________________________________________________

Área Comercial:

Sugestões de leitura!


REDE GLOBO - 40 ANOS DE PODER E HEGEMONIA

Sinopse: A comemoração dos 40 anos da Rede Globo não suscitou grandes discussões sobre o tema das relações entre comunicação, democracia e dependência. Este é um debate necessário diante da carência de políticas públicas para o setor e das perspectivas que se abrem com as novas tecnologias. Reunindo conhecidos pesquisadores do campo acadêmico da comunicação, críticos das indústrias culturais, da radiodifusão e das estruturas de poder (econômico e político) a elas vinculadas, este livro propõe-se a iniciar este debate. A idéia não é analisar apenas criticamente a atuação da Globo, ao longo de seus 40 anos, mas fazê-lo na perspectiva do seu papel histórico no processo político de construção da democracia, apontando caminhos que poderiam ser trilhados pelos movimentos que lutam pela democratização das comunicações no Brasil. O enfoque mais adequado, para tanto, é o da economia política da comunicação, no qual se inclui o estudo das políticas públicas relacionadas aos processos midiáticos, informacionais e culturais.



SUPERPODER, O - O RAIO X DA REDE GLOBO

Sinopse: O que não poderá produzir um monstro eletrônico com a capacidade ilimitada de penetração como tem sido o rádio e a TV? Segundo o autor, no Brasil, quem não se curva aos seus manipuladores atuais, torna-se presa inescapável de impiedosa perseguição. Embora jamais tenha gerado nada de alcance social e histórico, é a Rede Globo que escolhe e determina hoje, o que a nação deve assistir ou não. Neste livro, Genésio Lopes traça o Raio X da Rede Globo onde mostra a força e o perigo da televisão.




12 comentários:

  1. Olha realmente você tem razão. A tv hoje em dia tem exibido pouquissimo conteúdo a nível intelectual. Agora se o brasileiro diverte-se vendo humilhação e a apelação doentia é porque temos um pouco de culpa também. Acorda gente! Pra que dar audiência para essa lavagem cerebral? Você ta contente com o que o seu filho vê hoje em dia? Acorda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, pura verdade. Como eu disse no texto parte da culpa dessas redes de televisão terem tanto poder é nossa, que continuamos a assistir!

      Obrigado pela visita e pelo comentário. Continue acompanhando!

      Excluir
  2. Olá, antes de comentar o que aqui Igor, deixa-me dar-lhe os parabéns amigo, está muito bom o post.
    Antes de mais nada, nunca ouvi falar dessa tal Luiza e sinceramente não entendi o porquê de tanta a atenção e não sei, não entendi nem vi nada no vídeo a explicar apenas ouvi o pai dela a falar em um anúncio e pumba, sucesso. Agora, diz-me , esta frase foi realmente dita ? "Hoje vamos fazer uma receita de um delicioso, suculento e molhadinho risoto de champanhe. Gente, olha, tem de fazer com champanhe, hein? Não vão me usar Sidra Cereser porque estraga a receita toda. Pobreza não!" Se foi, oh meu Deus! Que coisa mais horrível de se dizer. Dá mesmo a entender que o programa é apenas para pessoas que têm dinheiro e não para pobretões sem champanhe e outras coisas que ele utiliza no programa.
    Outra coisa e esta quase que me fez chorar também. Realmente não entendo o porquê de ele utilizar o microfone de ouro. Para mostrar que tem ? Para mostrar poder ou dinheiro ? Não sei. Mas a verdade é que se fossemos vender o microfone dele isso já daria para alimentar muitas bocas na rua do Brasil mas enfim : Eu quase que chorei com a rapariga no programa. Aos 2:51 minutos já começamos a perceber que ela está a ficar desconfortável e a sentir-se mal com a "gozeira" do apresentador e quando chamaram o homem para dançar com ela meu Deus, coitada que até deve ter namorado e ser uma mulher certinha e apenas foi lá para cantar e teve de levar com isso. Viu-se na sua cara o seu desconforto. Mas o pior, o mais chocante foi mesmo a "mulherzinha" ter chamado ela de anta e depois a tentar explicar como se a rapariga fosse estúpida e sem mais nada a dizer, mandam ela embora. Horrível. E quando o outro disse que é bastante mal algumas pessoas irem para o programa cantando mal porque não gravam e ouvem a sua voz isso foi parvo já para não dizer estúpido porque eu até gostei de a ouvir cantar mas coitada da rapariga, apenas esteve ali para ser gozada e insultada e dar um "show" as pessoas. Sim porque as pessoas se divertem mais com sofrimento das outras.
    Realmente tens toda a razão, a sociedade paga essas pessoas e elas apenas se preocupam com o nosso dinheiro. O caso de que falaste da Criança à Espera de Um Milagre não conhecia mas é um bom exemplo dessa "gente". E as pessoas perdem tempo e fazem eles ganhar milhões e ajudam a cultivar a "estupidez" nelas. Realmente é triste e como tu disseste e bem, é um doente prazer que as pessoas têm!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Wilker, muitas observações no seu comentário, obrigado! Vou tentar explicar todos seus questionamentos.

      Esse caso Luiza foi assim, o pai dela participou de um comercial e disse uma frase que normalmente seria sem nenhuma importância. "Eu reuni toda minha família, menos a Luiza que está no Canadá". Depois disso, do nada, essa frase ganhou repercusão nacional. Todos estavam usando ela nas redes sociais. Durou um mês essa febre, modinhas momentâneas.

      Essa frase a que você se refere foi dita sim, parece que a emissora de TV foi processada por causa dela. É sim uma coisa horrível de se dizer, ofende a audiência do programa.

      O caso da menina cantando nem precisa explicar muito, você entendeu tudo. Esses programas levam participantes lá, com promessas de dinheiro e momento de fama, mas só humilham as pessoas e as usam para ganhar audiência. É lamentável os telespectadores considerarem isso entretenimento.

      O Criança à Espera de Um Milagre foi uma piada com um programa chamado Criança Esperança, que pede doações para ajudar crianças, mas na verdade é uma forma da emissora ganhar dinheiro para ser deduzido do imposto que ela tem que pagar. Isso já chega ao ponto de ser um ato criminoso.

      Bem, obrigado pela visita, continue acompanhando!

      Excluir
    2. Que ridículo, a rapariga ter aparecido na TV e ter sido notícia por ter feito...nada. Quando li a história pensei que sei lá, estariam a dar-lhe tanta atenção por ter ido ao Canadá ajudar pessoas necessidades ou algo do género mas não, não fez nada. Que maravilha!

      Obrigado por ter explicado a história da Criança. O seu titúlo parece-me melhor então.

      Acompanhando. Muito bom este post. Bastante interessante!
      Abraço e não tem nada que agradecer (:

      Excluir
  3. Infelizmente é esse pouqíssimo conteúdo que dá audiência, pq esse é o nível de educação do povo...
    Ontem recebi uma ligação da minha irmã, falando de uma matéria sobre Anne Frank, que ia passar no fantástico... Liguei a TV esperando pela tal matéria achando que assistir ao fantástico não seria tão ruim assim... Então vi o "culto dos principes" jovens que não transam, nem beijam antes do casamento, com uma importantíssima entrevista com a tal da Nana shara ou irmã dela, sei lá, são todas iguais... Depois uma matéria maravilhosa sobre a trilha sonora da novela Rua Brasil, Av. Brasil, Alameda Brasil, travessa, viéla... Sei lá... E aí eu descubro que "assim vc mata o papai" não é um funk, como eu achava q era... Que bom saber isso!!! Vem depois o tal quadro dos fantasmas e o concurso da garota fantástica... Ai gente, é muita cultura pra minha cabeça... Dá vbontade de explodir a TV...
    Parabéns pelo blog!! =)
    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem lembrado, essa novela Avenida Brasil é o auge do momento. Milhões de pessoas assistindo Carminha dá escândalo na televisão. Foi até capa da Revista Veja isso, porque não há nada mais importante para noticiar né?

      Obrigado pela visita, continue acompanhando!

      Excluir
    2. Vindo da Veja... Não esperamos coisa boa mesmo... rs
      O mais lamentável é que temos ótimos atores, vide a própra "carminha", Adriana Esteves, ela é ótima, interpreta super bem, mas faz um papél de merda, numa novela de merda, para telespectadores de merda! (A revoltada falando... Acho q aprendi com a rabugentice do Luiz Felipe Pondé hein... hahahaha)

      Abçs rapaz!!

      Excluir
  4. Olá Igorzito...
    Gostei muito desse post, achei que vc abordou um assunto que todo mundo fala mal... mas diferente dos outros não só falou, também apontou os motivos e criticou conforme o modo que vc pensa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Luizinha!! Continue acompanhando, sempre terão coisas interessantes aqui. :)

      Excluir